ACUPUNTURA – MEDICINA CHINESA

A Medicina Chinesa é uma medicina milenar dotada de fisiologia e metodologias próprias de análise e interpretação do ser humano, que conduzem a um diagnóstico e terapêuticas específicas.

Fundamentada no pensamento oriental dotado de princípios únicos permite uma visão global e indissociável do Homem distinta da utilizada no modelo biomédico. Funções orgânicas, sensoriais, mentais e emocionais são analisadas de forma integrada, enfatizando a sua constante interação com meio. Carateriza a doença como desequilíbrios originados por fatores ambientais (externos) e/ou emocionais (internos).

 A Medicina Chinesa integra um vasto arsenal terapêutico, a Acupuntura, Fitoterapia, Tuina…

Acupuntura é a mais difundida e aplicada, consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos de uma rede de vasos que percorre todo o corpo com a função de interligar os órgãos, suas funções e transportar energia e sangue a todo corpo, mantendo-o funcionante e saudável.

Apresenta-se então como solução ou parte dela para a totalidade das doenças, nas várias etapas da vida desde a infância à terceira idade. Pela sua abrangência e ação holística, compreendendo o individuo como um todo, torna-se de grande utilidade na manutenção da saúde, mediando o dinâmico e ténue equilíbrio entre os aspetos físicos, mentais e emocionais ao longo das nossas vidas, e da constante adaptação às alterações do meio.

Principais motivos de consulta: (recomendação da Organização Mundial de Saúde)

Prevenção, no acompanhamento das pessoas na manutenção da saúde, fomentando hábitos de vida saudáveis, bem como pela capacidade de atuar precocemente nas disfunções que surgem ao longo da vida.

Psíquico/Mental: stress, ansiedade, ataques de pânico, depressão, irritabilidade, insónia, melhoria do desempenho escolar.

Gastroenterologia: Gastrite, obstipação, divertículos, colite, Diarreia…

Dor: dores músculo-esqueléticas, coluna (cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciática), artroses, artrite, tendinites, nevralgia do trigémeo, fibromialgia, Disfunção temporomandibular, doenças reumatismais, dor neuropática…

Pneumologia: rinite, sinusite, asma, bronquite, enfisema, tosse, alergias, …

Dermatologia: acne, eczema, psoríase, vitiligo…

Neurologia: sequelas AVC, Parkinson, Alzheimer, enxaqueca, cefaleias, demências…

Outras: Doença oncológica, Diabetes, infertilidade, impotência, doenças raras, doenças autoimunes…

(…)

Atualmente as Medicinas Não convencionais foram regulamentadas, com o reconhecimentos dos especialistas por parte do Ministério da Saúde através da emissão de Cédulas Profissionais, obrigatórias para o exercício.

A Acupuntura e Medicina Chinesa sofreram nos últimos anos algum descrédito e banalização causado por pessoas a exercer sem qualificações e em locais pouco próprios.

Salientamos que, apenas detentores de cédula profissional emitida pela ACSS do Ministério da Saúde e em unidades clínicas com registo na Entidade Reguladora da Saúde exercem legalmente. Informe-se, não deixe a sua saúde nas mãos de qualquer um….

Todas as despesas efetuadas no recurso a esta Medicina são isentas de IVA, sendo dedutíveis no IRS como despesas de saúde, bem como abrangida por outros subsistemas e seguros, informe-se….